capamediacoes

Chamada de artigos para o dossiê “Vigilância, Controle e Novas Tecnologias”

Por Alcides Peron*

O olhar humano ainda é essencial para a vigilância? O panóptico ainda é uma categoria determinante para se compreender a problemática e os efeitos das práticas de vigilância contemporaneamente? Como a análise dos dados e dos rastros obtidos a partir das redes edificam um regime de vigilância distinto das práticas anteriores? Quais formas de governamentalidade e controle podem ser identificadas a partir da complexa interação entre discursos, práticas, instituições, redes e tecnologias? Quais são as possíveis implicações de sistemas de coleta massiva de dados para o mercado e para os dispositivos de segurança? Quais formas de resistência e ativismo podem ser identificadas, problematizadas e reproduzidas em um contexto de intensa securitização da rede?

Essas são algumas questões que tem permeado os Estudos de Vigilância nos últimos anos, e que tem por base compreender os impactos de novas tecnologias informacionais, e de outras naturezas, sobre as profusas práticas e políticas envolvidas. O interesse nesses debates foi determinante para a proposição do dossiê “Vigilância, Controle e Novas Tecnologias” da revista Mediações (vol. 23, n. 1 – 2018/1). Assim, convidamos os interessados e membros da rede LAVITS a participarem submetendo artigos, resenhas, entrevistas, que estejam de acordo com a chamada descrita abaixo.

Chamada de artigos a revista Mediações, vol. 23, n. 1 – 2018/1

Dossiê organizado pelos profs. Marcos Cézar Alvarez (USP) e Alcides Peron (Anhembi-Morumbi)

Nos últimos 40 anos, observa-se uma crescente profusão de tecnologias informacionais e de comunicação, cada vez mais complexas, que vêm transformando as tradicionais fronteiras analíticas entre sociedade e objetos técnicos, presença e não presença, corpo e prótese, humano e inumano, etc. Essas transformações, por sua vez, impactam no modo como a sociedade se organiza e em como o Estado e as demais instituições exercem seu poder, ao reconfigurar inclusive as práticas de controle e os instrumentos de violência contemporâneos. O dossiê “Vigilância, Controle e Novas Tecnologias” receberá trabalhos inéditos que desenvolvam tanto reflexões teóricas quanto investigações empíricas sobre temas como violência e controle social, guerra e conflitos armados, punição e sistema prisional, vigilância e segurança pública, tecnologias de registro e identificação, governo de fluxos e populações, monitoramento e mundo do trabalho, ecopolítica, entre muitos outros possíveis.

A chamada de artigos para o dossiê estará aberta até o dia 15 de janeiro e serão aceitos textos originais em português, espanhol e inglês. As contribuições devem ser submetidas através do sistema online da revista.

*Alcides Peron é doutor em politica cientifica e tecnológica, e professor do curso de Relações Internacionais da Faculdade Anhembi Morumbi.