O projeto se propõe a pesquisar a constituição do trabalho de entrega mediado por aplicativos e das relações específicas entre os entregadores e as empresas-plataforma que centralizam esse tipo de serviço. Além da descrição das plataformas, do acompanhamento de suas transformações e investimentos, a pesquisa também se concentra nos diferentes discursos produzidos e publicizados pelos entregadores em mídias sociais, desde a luta política e de resistência até as dicas de trabalho e de relação com o aplicativo.

Deixar uma resposta